segunda-feira, 10 de maio de 2010

Festa no aeroporto

É caso para dizer: foi bonita a festa, pá! Depois de uma viagem tortuosa desde a Madeira, cujos contornos prefiro nem abordar (coitado do vulcão islandês, agora tem culpa de tudo), nada melhor para uma equipa ser recebida no aeroporto do Porto por meio milhar de adeptos em êxtase. Admito que o que vi na madrugada alta de segunda-feira (3.30 da matina) superou em muito as minhas expectativas. Nunca tinha visto no universo bracarense uma manifestação tão efusiva de paixão, um movimento de massas tão significativo e abrangente. Por causa dos sucessivos atrasos na partida do avião que trouxe a equipa do Funchal, as celebrações previstas naquela madrugada na cidade dos Arcebispos ficaram sem efeito - aconteceram, mas foram mais tímidas por causa da hora avançada. O aeroporto Francisco Sá Carneiro foi, portanto, o palco principal da festa de encerramento de uma época para recordar do Sp. Braga. Acho que as imagens do filme valem mesmo por mil palavras.

Enviar um comentário