quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Que imprudência, senhor juiz!

"O juiz Carlos José Figueira Ferro, de 39 anos, não conseguiu convencer a mulher de que a calcinha que tirou do bolso ao expulsar um jogador durante partida amistosa em Anamã (Manaus) era um presente para a filha adolescente. O árbitro, que tem outros três filhos, foi expulso de casa. Sua mulher também já entrou com pedido de separação. O insólito fato ocorreu durante um amistoso entre a seleção de Anamã e combinado de servidores municipais, no dia 15 de janeiro, na cidade que fica a 450km de Manaus. Na ocasião, Ferro foi expulsar o zagueiro Paulo Coice, mas, para surpresa da torcida, em vez do cartão tirou do bolso uma calcinha vermelha. Nervoso, disse não saber como a peça tinha ido parar ali. O juiz tentou explicar para a mulher, que estava em viagem e retornou à cidade nesta quinta, que a peça íntima era um presente para a filha de 16 anos do casal. Não houve acordo: as roupas de Ferro foram jogadas para fora de sua casa."

Fonte: Parana-online

Expulsou o Paulo Coice e levou um coice da mulher. Há árbitros muitos fraquinhos
Enviar um comentário