quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Boas, Villas Boas!



"Vocês (jornalistas) levaram isto para uma proporção que não faz sentido nenhum"

André Villas Boas, hoje, à imprensa

Acho, muito honestamente, que Villas Boas pode ser uma boa solução para o Sporting. Poderá levar novas ideias, introduzir um novo estilo de liderança em Alvalade e, com muita paciência e um bocadinho de sorte, pôr aquela equipa a jogar futebol. Mas para ser um treinador de um grande, Villas Boas vai ter de perceber uma coisa: há seis dias que o seu nome circula na imprensa e há pelo menos 72 horas que ele está careca de saber o que o Sporting quer dele e o que ele quer do Sporting. Portanto, a proporção que o tema conheceu decorre destas conversas já iniciadas e de não um plano maléfico dos jornais para o colocar em Alvalade.

A propósito: será verdade que a Académica pede 1 milhão de euros para libertar o treinador?...

6 comentários:

Pedro Ribeiro disse...

Se a Académica exige um milhão, faz muito bem. E mesmo assim, não é demasiado. Para mim, a sair nesta altura Villas Boas, a Académica torna-se um dos maiores candidatos à descida de divisão...

pascoal sousa disse...

Pedir, não custa nada. Mas é evidente que o Sporting não vai pagar tanto dinheiro. Nem metade. Se calhar, nem um quarto... Abraço, Rui Pedro Ribeiro.

Pedro Ribeiro disse...

Não é isso o que diz a concorrência. Segundo O Jogo, os valores pedidos pela Briosa são até mais elevados. E se é verdade que pedir não custa, aliciar treinadores de um concorrente e pressionar a sua saída como se de facto consumado se tratasse através da comunicação social é para outros igualmente simples.

Se o presidente da Académica ceder facilmente, terá muito que explicar aos seus apaniguados - dê uma vista de olhos aos blogues de adeptos e já verá. José Eduardo Simões vai-se meter em trabalhos... e vai colocar o futuro da sua Académica em risco...

Pedro disse...

Veremos, daqui a uns tempos, se a Académica não foi "aconselhada" a reter o Villas Boas.

Se determinado professor não começar a ganhar vamos ver que o destino de Villas Boas poderá ser um clube mais a norte.

Fica o registo.

pascoal sousa disse...

Será? Vamos esperar.

Pedro Ribeiro disse...

Não duvido que a Pinto da Costa interesse manter várias opções em aberto. Villa-Boas, caso venha a provar na Académica, até pode estar no lote dos treinadores na antecâmara do Dragão. Até nem me custa nada admitir que tenha mesmo havido dedo de PC no abortar deste negócio.

Mas a questão que as pessoas se deveriam perguntar é: o que defenderia melhor o interesse da Académica? Um milhão de euros e mais uma troca de treinadores, cortando o élan em que se apoderou recentemente da equipa e colocando em risco a manutenção no escalão maior? Ou abdicar dessa quantia, mantendo a aposta (aparentemente acertada) no técnico e com isso acalentar sérias esperanças de cumprir o objectivo fundamental de uma época?

Eu, se fosse adepto da Académica, não aceitaria um milhão de euros em troca de um risco (ainda mais) sério de descida de divisão. Donde, parece-me que esta atitude da direcção da Académica foi a mais correcta. Se foi pelos bons ou por maus motivos, é algo que para os academistas será menos relevante...

O problema da maior parte das análises é que partem do princípio de que os clubes mais pequenos não existem, que andam por aí apenas para fazer fretes aos grandes clubes...