sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Era o Linz...



Como perceberam. o jogador de que falava no post sobre a Suíça era Roland Linz. Feliz do Grasshopper, que ganha em Janeiro um ponta-de-lança de grande qualidade. Quanto ao resto, nada a dizer: Jesus não queria o austríaco e a SAD, vendo um activo cotado em 6 milhões de euros a desvalorizar-se dramaticamente, cedeu-o. Todas as partes ficaram felizes neste processo.

Porque não jogou Linz, ele que na temporada passada marcou 15 golos no Sp. Braga? Apenas por causa do choque de personalidades. Há quem defenda que o estilo do avançado não encaixa no 4x4x2 de Jorge Jesus. É uma teoria discutível: como é que a jogar em 4x4x2, o Linz marcou de rajada 4 golos nos 5 primeiros jogos oficiais do Sp. Braga, esta época?

PS: Entretanto, no primeiro ensaio com a camisola do Grasshopper, Linz marcou aos três minutos o primeiro dos 4 golos com que os gafanhotos esmagaram a formação sub-21 do Servette.

Enviar um comentário