domingo, 9 de novembro de 2008

No money, no vicious...


Lito Vidigal vai abandonar o Estrela da Amadora. Pelo menos, disse que não vai orientar o treino de terça-feira, o que é meia despedida. Só num País que acha que o futebol profissional resiste a tudo, é que se chega ao ponto de ter uma equipa na I Liga que não paga um cêntimo aos jogadores. Mais do que concorrência desleal para com os clube que pagam, esta situação representa uma vergonha para a Liga de clubes.

Entretanto, Lito Vidigal acrescentou que irá «sacrificar-se» na vez dos jogadores. Se as minhas fontes estiverem certas, o treinador vai é trocar uma nau que se afunda rapidamente por uma caravela que parte à descoberta do Novo Mundo. Foi numa caravela que Bartolomeu Dias passou o Cabo da Boa Esperança, também chamado das Tormentas. Pensem nisso.
Enviar um comentário