sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Apontamentos de Milão



Treino de adaptação do Sp. Braga ao relvado do S. Siro. Confesso que o italiano não é o meu forte. Gosto da sonoridade da língua, mas quando falam depressa não pesco uma. No dia do treino, um jornalista italiano veio ter comigo e perguntou-me se era verdade que Braga ficava numa região chamada Minho. Confirmei. «É fascinante. É por isso que se chamam minhotos e minhotas», soltou, trémulo de emoção. Só no dia seguinte percebi a razão desse entusiasmo, com a ajuda do guia da Agência Cosmos. Em italiano, minhota (mignota) significa rameira, mas na versão hard (sabem, aquela palavra que começa por p, acaba em a e pelo meio tem um u e t). Acho indecente, se querem que vos diga. Devíamos inaugurar um termo pejorativo para efeitos de vingança - ex: cala-te, ò filho de um milanês!, ou simplesmente 'vai para a milanesa que te pariu'.



Estes aqui são os Red Boys, uma das claques do Sp. Braga. Andaram 27 horas na estrada para chegar a Milão. O pano de fundo é a Duomo di Milano, belíssimo monumento gótico, património histórico da cidade e de Itália.




Uma bicicleta BTT da Ferrari. Custa 600 contos na moeda antiga e especialista na matéria garantiu-me que os materiais nem sequer são de primeira. É bonita? Lá isso é, e dá nas vistas, o que para o caso agrada aos mais endinheirados.



Galeria Vittorio Emanuelle. Tudo na zona central de Milão remete para o luxo. Nas galerias estão as melhores marcas, mas também há lá um McDonalds. É um monumento magnífico e esplendoroso, cheio de glamour, que é obrigatório visitar. A Milão antiga é bonita, altiva e elegante. Já a parte nova pareceu-me vagamente sombria e desinteressante.



A loja Louis Vuitton, na Vittorio Emanuelle. Um pouco para o 'carote'... Na Prada, mesmo em frente, vi uma carteira a 3300 euros. Uma pechincha. No exterior da galeria, um par de sapatos da Bertolli (acho que era assim que se chamava) custava 1300 euros. As meias, 90 euros. Um camisola de caxemira? 390 euros...



A catedral de Milão. Das mais belas e impressionantes que alguma vez vi.
Enviar um comentário