sábado, 24 de setembro de 2016

Homenagem a um ser único



No FC Porto-Boavista assistiu-se a uma homenagem que ficará gravada a letras de ouro na história do jornalismo. Emotiva, justa e genuína homenagem ao Paulo Esteves, que partiu cedo de mais mas deixou-nos um legado que jamais será esquecido. Um homem em muitos milhões, acreditem, que fugia ao mediatismo, que se concentrava no seu trabalho, mas que nunca deixava de dar um conselho e ajudar os camaradas. Fica a saudade, atenuada pela certeza de que um dia estaremos juntos. E quando esse dia chegar, espero bem que tenhas uma boa piada para me receber, Paulo. Até já, amigalhaço.

PS: Amanhã parto para Leicester na companhia de boa gente. Vai custar, ainda assim. Muito. 
Enviar um comentário