sexta-feira, 4 de março de 2016

Braga: tudo ou nada para o dragão



Num campeonato em que nem sempre imperou a lei do mais forte, e onde até houve resultados surpreendentes nos jogos dos três grandes, o FC Porto tem em Braga uma jornada determinante na luta pelo título. Empatar não é opção, perder significará quase pela certa o fim da ilusão. Olha-se para o calendário dos dragões e não há como abordar esta ronda na cidade dos Arcebispos de outra forma. Ainda para mais, Braga assinala também o fim do ciclo de jogos à semana do FC Porto, ainda que o compromisso com o Gil Vicente para a Taça de Portugal não tivesse o peso de outros desafios nos quais, aí sim, o dragão teve de pôr toda a madeira ao lume. 

Pela primeira vez Peseiro teve uma semana para trabalhar o «bloco» de jogadores que vão defrontar os Guerreiros - sendo que estes têm a seguir um jogo europeu em Istambul, com o Fenerbahçe, e Paulo Fonseca já deu a entender que frente ao FC Porto vai poupar alguns efetivos. Ainda assim, nem se pode falar de um SC Braga em gestão ou de gestão. Ao longo da época, o que viu foi um SC Braga forte em várias versões. 

 O calendário do FC Porto na Liga, depois do SC Braga: U. Madeira (c), V. Setúbal (f), Tondela (c), Paços de Ferreira (f), Nacional (c), Académica (f), Sporting (c) e Rio Ave (f) e Boavista (c)
Enviar um comentário