segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Manchester Desunited



O ano de mudança no Man. United é também a queda de uma ideia de projeto que defendia uma linha de continuidade com o passado. David Moyes - treinador que aprecio muito - não é Alex Ferguson nem nunca lhe devia ter sido «sugerido» que para vingar nos red devils tivesse que abdicar, de certa forma, daquelas que foram as suas próprias linhas orientadoras. Por outro lado, tudo tem um fim e os ciclos de renovação implicam  quase sempre alguma amargura e dor. O Man. United está mergulhado num impensável 7-º lugar na Premier League e ontem cedeu um empate em casa com o Fulham. Um resultado com requintes de malvadez.
Enviar um comentário