sábado, 1 de setembro de 2012

Terminou, Lima!

Acabou. Pelo menos em Portugal e nos principais mercados europeus, à excepção da França, Roménia, Rússia e Turquia. Os dois últimos dias foram uma autêntica loucura. Como é costume, torna-se difícil apanhar o fio condutor de determinados negócios, mas quando se consegue são horas a fio em reclusão só para caçar aquele detalhe, aquela última informação que confere ao todo a legitimidade de se chamar notícia. Lima no Benfica. Bom negócio para todas as partes. Para o Benfica, que junta no plantel o segundo melhor marcador da Liga passada ao rei dos goleadores, Cardozo; bom para o Braga, que encaixa mais alguns milhões (fala-se de 4 a 5,5 milhões, não há valores consensuais) com um jogador em final de contrato, e que aos 29 anos não queria mais adiar o salto para um dos chamados grandes. Seria frustrante para Lima se a operação não se concretizasse, depois de dois anos em que foi sondado de todas as formas e feitios pelo FC Porto. Comparativamente à proposta dos dragões, feita há algum tempo e subordinada à hipotética venda de Hulk, a do Benfica é bastante superior. E por aqui me fico. Boa noite.  
Enviar um comentário