segunda-feira, 14 de maio de 2012

Não cabia porquê?


É a única injustiça na lista de 23 jogadores escolhidos por Paulo Bento para o Campeonato Europeu. Até se compreende que numa lógica de grupo, o selecionador tenha preferido manter Eduardo, que pouco jogou no Benfica, deixando Quim de fora - Beto não tem nada a ver com o assunto, quanto a mim a sua chamada é perfeitamente ajustada à época que fez no Cluj. Agora, dizer que Viana «não cabe no grupo» pareceu-me uma tirada excessivamente dura. Tem de haver uma explicação, mas talvez seja preciso recuar muitos anos para a descobrir. No resto, é com satisfação que vi Paulo Bento reconhecer que Custódio é o melhor 6 da atualidade, que Miguel Lopes é um bom clone de João Pereira e que o puto Nélson Oliveira representa o futuro, que é preciso desde já proteger e acarinhar. A lista parece-me equilibrada e o grupo promissor. Falta a magia do 45, mas pronto, o que está decidido, decidido está. Resta dizer: Força, Portugal!
Enviar um comentário