quinta-feira, 15 de março de 2012

Carrega, leão!


Vi a primeira parte do Man. City-Sporting na Cufra, enquanto devorava uma francesinha e observava, espantado, o crescente número de sportinguistas num local habitualmente frequentado por portistas e alguns resistentes do Boavista. Percebe-se o sentimento. O leão fez uma grande primeira parte, estendeu-se bem no relvado, com um jogo organizado e um sentido ofensivo q.b. para colocar o City em depressão. A segunda parte, enfim, foi de uma intensidade emocional que eu há muito não assistia. Houve ataques cardíacos algures, é impossível. A luva de Rui Patrício naquele último segundo de sufoco dos ingleses foi um pequeno milagre. Merecido. O Sporting merece, e de que maneira, ser feliz na UEFA. Há quem sonhe com uma final frente ao Athletic Bilbao. Era bom, era. 

PS: aos visitantes do Brasil e afins. Francesinha é uma iguaria gastronómica típica da cidade do Porto, ok?
Enviar um comentário