domingo, 1 de janeiro de 2012

Duro despertar


As férias já eram. Entro em 2012 com a obrigatoriedade de adotar um acordo ortográfico pelo qual tenho absoluta aversão. Mas enfim, não há como travar a marcha deste processo. Difícil mesmo foi suportar o frio matinal de Vila do Conde no primeiro dia de janeiro, depois da farra habitual na passagem do ano. Não houve exageros, mas suponho que às 11 da matina ainda acusaria alguma coisita se soprasse o «balão». Foi a primeira vez esta época que fui ao Rio Ave e tirando o frio cortante senti-me em casa, como sempre acontece nos clubes que sabem receber bem. E pude falar à vontade com um jogador. Escolhi o Braga. LOL: nem em Vila do Conde escapo ao Braga, essa é que é a verdade. 
Enviar um comentário