domingo, 18 de dezembro de 2011

Férias. Sim, férias de verdade


Vou de férias. É verdade. Parece mentira, mas vou mesmo. Este último terço de ano foi particularmente desgastante e vou estacionar o corpo no sossego do lar, libertar a mente, projectar uma ceia de Natal inolvidável e uma passagem de ano a condizer. Não vos desejo boas festas porque ainda vou passar por aqui, embora com parcimónia. Sei que vou de férias e o meu inconsciente sabe a data do regresso à labuta, só que o dia ainda subiu à superfície da razão. Vou desligar a ficha mas prometo um mês de Janeiro muito produtivo em matéria noticiosa. Vai cansativo e giro, como é sempre quando o mercado de transferências reabre. Até já...
Enviar um comentário