segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Leão, Lima e a sorte que se procura

Por causa do atraso na decisão do Aves-V. Guimarães, não assisti ao Sporting-SC Braga. Vi o resumo dos lances mais importantes do jogo na SportTV e fiquei com a impressão que os leões venceram bem e que os bracarenses caíram de pé em Alvalade, frustrados por não terem convertido em golo pelo menos uma das muitas ocasiões que criaram. Esse é um dos problemas do Braga e de Lima: o desequilíbrio no rácio oportunidades/golos tanto se manifesta na equipa como na sua principal referência de área. Lima é o avançado, tem responsabilidades acrescidas, mas não é, nem pode ser, o único meio para o colectivo chegar ao golo. Até porque o brasileiro tem o mérito de arrastar atrás de si os blocos defensivos.

O Sporting, dizem os críticos, teve a estrelinha do seu lado nos golos. Domingos indignou-se na sala de Imprensa. A sorte trabalha-se, proclamou. Sorte ou não, nota-se que há neste Sporting muito trabalho feito, mesmo que aquela dupla de centrais (Onyewu/Polga) não convença por aí além. Os leões não têm ainda uma grande equipa, mas têm um caminho traçado, a vontade e ambição de prosseguir o seu rumo sem desvios, uma estrutura técnica e organizativa que impôs ordem numa casa que há pouco tempo mais parecia um circo de rua.

4 comentários:

Jorge Costa disse...

Boa tarde Bigsousa!!

Em relação ao jogo de ontem, pouco quero dizer. Apenas eficácia/sorte (sim, porque Domingos não é dono da verdade) - 2, erros defensivos/falta de eficácia - 0. Pelo meio ainda andou lá um homem de amarelo a tornar o fácil, difícil. Prejuízo para quem? Claro...

Gostaria de perguntar, como segue o meu Braga diária e proximamente, se acha que se passa "algo" com Rodrigo Galo, desde o início da época. É que, por muito que tente, não encontro explicação para a não utilização deste jogador, sobretudo agora com Baiano lesionado e afins...
Irá Salino ser o nosso lateral (cruzes credo!!!)? Irá Paulo Vinicius descair?? Não lhe parece que desta forma se começa a perder o jogador/homem Galo?

Ao contrário de muitos, gosto do jogo de Leonardo Jardim, como gosto da sua abordagem e até do seu discurso. Bate sempre a bota com a perdigota. O mesmo já não posso dizer da gestão plantel/grupo...

Outra questão, se puder responder (claro está, como todas), é se o Braga procura ou tenciona procurar um lateral esquerdo para Janeiro. É que muitos vêm potencial em Elderson e pedem paciência para ele. Eu vejo pouco da 1ª e tenho muito pouca da 2ª.

Obrigado, abraço!

pascoal sousa disse...

Olá, Jorge. A resposta para a questão do Galo foi dada indirectamente pelo Leonardo Jardim quando afirmou que o jogador «é médio direito» e que a sua utilização à direita da defesa «daria profundidade atacante mas menos consistência defensiva.» Ou seja, para Jardim Galo não tem o perfil que se exige para LD. Não me surpreende e até estou de acordo com ele. Aliás, Paulo Alves, treinador do Gil, tem a mesmíssima ideia e na maior parte das vezes utilizava Galo ou a extremo direito, ou 10, ou a médio direito. Também jogou algumas vezes a lateral esquerdo, mas por imperiosa necessidade. Sobre o resto, sinceramente não sei. O que acho é que o Braga vai ao mercado buscar um defesa. Talvez um central que possa jogar à direita, ou ujm ld que também faça de central, como era o caso de Miguel Garcia.

Pedro Ribeiro disse...

O Domingos ficou incomodado com as palavras de Jardim que desvalorizou, antes da partida, o conhecimento que aquele teria da nossa equipa, dizendo que esta tinha muito poucos jogadores da equipa do ano passado e fora totalmente renovada. Depois, ficou incomodado com a análise que Jardim fez ao jogo (quanto a mim correcta). E acho sinceramente que terá ficado incomodado com a marcada superioridade de jogo do Braga durante a maior parte da partida (se puder, consulte as estatísticas da primeira parte).

Creio que o Bigsousa não ficou com uma ideia correcta do que se passou. Nós não nos batemos "apenas" bem. Dominámos o jogo durante o período em que houve igualdade numérica e, pasme-se, continuamos a jogar em todo o campo em inferioridade numérica, sem que isso se notasse. Dizer que o Sporting venceu justamente? Ok, se falar em justiça equivaler a olhar o marcador, tudo bem. Mas se a ideia é essa, não são precisos analistas para nada...

Isto não significa que não haja também algum demérito nosso: cometemos demasiados erros graves defensivos (Berni ofereceu um golo, Ewerton cometeu dois ou três disparates decisivos) e falhámos demasiado em frente à baliza adversária (sobretudo por Lima que tem qualidades óptimas para o modelo de jogo de Jardim mas tem dificuldades na tomada de decisão e alguns problemas de ordem técnica).

Mas e acho que isso é que realmente incomodou Domingos, houve pouco mérito do Sporting. E, francamente, tendo sido este o primeiro jogo completo que vi do Sporting, devo dizer que fiquei mal impressionado, sobretudo tendo por referência o alarido que para aí vai na imprensa. Sobretudo em termos defensivos, vi um Sporting muito frágil. Bem sei que será um jogo especial e que o Benfica também não está particularmente brilhante mas, jogando o que jogou contra nós, não estou a ver como poderá o Sporting sair da Luz com pontos.

Pela nossa parte, estou satisfeito com a evolução registada nos últimos dois jogos, em termos de qualidade de jogo. Vem aí mais um jogo difícil... mas temos motivos para o encarar de forma optimista. Eu pelo menos estou mais animado do que há três semanas estaria...

pascoal sousa disse...

Olá Pedro. De facto, ver um resumo de um jogo é uma grande condicionante. Noto isto nos jogos que vou fazer e que depois observo em casa em blocos de dois minutos na tv. Às vezes parece que nem foi a mesma partida. Do Sporting: também acho que se está a fazer um grande alarido. Conhecendo o Domingos, essas notas de euforia e ilusão na CS não são de todo do seu agrado. Quando disse que o Sporting não tem ainda uma grande equipa tive como referência os jogos anteriores. A equipa cresce e progressivamente adapta-se à dinâmica do técnico. Está mais capaz, mais ciente do seu valor, mas continua a cometer muitos erros que só se corrigem com tempo e trabalho. Quanto ao Braga, concordo consigo: está a subir escadas de produção. Falta-lhe ser mais e ser mais inteligente na gestão da posse de bola. Abraço