domingo, 11 de setembro de 2011

O melhor reforço da época



O que marca a diferença entre o Sporting que vi em Aveiro e aquele que observei ontem na Mata Real? Os três golos marcados, sim, mas sobretudo a atitude. Pode-se discutir a saída de alguma vacas sagradas do onze, a inconstância exibicional dos leões, a pouca destreza da equipa em escapar a situações de grande pressão emocional, a emergência em mostrar a validade do projecto - mas isso faz tudo parte do processo de renovação do Sporting enquanto equipa e clube. Quando se fala em atitude entramos noutro plano de avaliação. Quem a tem, normalmente reúne mais hipóteses de ser feliz, mesmo quando a bola bate nos ferros, o árbitro se esquece de marcar um penálti ou ponta-de-lança falha 1o ocasiões com a baliza aberta. Crença, abnegação, espírito de missão, são divisas que qualquer equipa de topo, e não só, deve defender no relvado. Se o Sporting tiver tudo isso daqui para a frente, ganha o melhor reforço da época.

5 comentários:

Anónimo disse...

Sem comentários, isso já roça o delírio

Joana disse...

Domingos Domingos....*suspiro*

Cidchen disse...

A sensação com que eu fiquei é que o Sporting marcou os três golos sem saber muito bem como...

pascoal sousa disse...

Marcou o primeiro golo sem saber como. Os outros dois tiveram muito saber ;)

Cidchen disse...

No segundo tiveram a felicidade do jogador do Paços ter caído.