quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Justiça para Quim



Novidades na convocatória de Paulo Bento: os regressos de Quim e Nuno Gomes, duas grandes referências, e a estreia de Castro, médio do FC Porto. Uma palavra para Quim, que foi tão injustiçado em 2010, quando se viu afastado do Campeonato do Mundo da África do Sul, depois de uma época sensacional no Benfica. Sofreu, caiu com estrondo e levantou-se com coragem. Está de volta com toda a justiça. Nuno Gomes não é propriamente uma novidade. Sabia-se que era escassa utilização no Benfica que travava a sua chamada à Selecção. A mudança para o Braga começa agora a dar os seus frutos.


Castro é, para mim, um dos trincos portugueses mais promissores da actualidade. Ganhou garra e nervo na Liga espanhola e a julgar pela últimas actuações de Fernando, estou em crer que gozará de mais oportunidades no futuro. A chamada à Selecção é mais um factor de motivação para o médio continuar a crescer.

7 comentários:

Ricardo disse...

Justo??? O Quim não faz um jogo oficial há mais de um ano e o Nuno Gomes enquanto estava no Benfica nunca foi convocado. Jogava pouco mas marcava golos, no Braga quantos jogos oficiais e golos tem ele? Ah pois, marcar golos ao Trofense é que é... E o Castro deve ser porque o Porto quer vender o gajo e assim valoriza-se mais...

pascoal sousa disse...

Claro que é justo Ricardo. temos de situar bem as coisas: Nuno Gomes e Quim são, naturalmente, jogadores «seleccionáveis». Portugal vai jogar com o Luxemburgo, num teste que serve precisamente para o seleccionar avaliar alguns atletas que não tendo entrado no lote de seleccionados nos últimos jogo, poderão ser de extrema utilidade no futuro para preencher certas vagas.

Ricardo disse...

E o João Tomás? Só ele, deve ter marcado mais golos que o N. Gomes, o H. Almeida e H. Postiga juntos na última época!

pascoal sousa disse...

Estou de acordo: o João Tomás não devia ser penalizado pela idade quanto tem um desempenho tão bom como ponta-de-lança.

Anónimo disse...

Um jogador que não posso deixar de notar a sua ausência é o Hugo Viana, não por ser do Braga, mas temos tão poucas soluções para o meio campo português como é possível um jogador da qualidade do Hugo ficar de fora?
Não digo ser titular ou jogar obrigatoriamente mas sim era mais uma solução a ter em conta, para mais com a ausência de Carlos Martins.

The Blue Factory of Dreams disse...

A primeira reacção que tive foi de facto a ENORME INJUSTIÇA para com João Tomás.

Injustiça, palhaçada, tudo o mais que lhe queiram denominar.

Então o João Tomás que joga que se farta, só não marcou mais golos que Falcao e Hulk, no modestíssimo Rio Ave...nunca foi chamado lá pelo raio da discriminação da idade


E agora chama o Nuno Gomes porquê?

Que palhaçada.

O que merecia o Paulo Bento foi o que o Sá Pinto fez ao Artut Jorge.

Este sim merecia!

Sobre o Quim é outra palhaçada, mes nem vale a pena,...

Miguel disse...

Sempre que sai uma convocatória é a mesma coisa.Acusa-se o seleccionador de compadrios,acusa-se a FPF de fazer favor aos clubes,diz-se que convocar estes jogadorees é uma palhaçada.Tudo isto porque como bons tugas não pensamos na selecção como a equipa de todos nós mas metemos o clubismo ao barulho,algo que numa selecção njnca deve existir.se pensassem mas é no bem da selecção não tinham certos comentários.

Muita justas as chamadas de Quim e Nuno Gomes,assim como seria do João Tomás e Hugo Viana por exemplo.Mas o que interessa é que Portugal ganhe!