sexta-feira, 8 de julho de 2011

Líder

A entrevista de António Salvador à RTPN foi interessante não só pela revelação de alguns dados novos [Academia em marcha burocrática acelerada, Ukra com opção de compra, Nuno Gomes como actractivo para encher o estádio e marcar golos], mas especialmente para se perceber o que mudou nos últimos 8 anos no perfil do líder - hoje um líder muito mais confiante, com a exacta noção da obra feita, sem medo de assumir perante as câmaras o mérito de uma empreitada a todos os níveis formidável.
Enviar um comentário