domingo, 27 de março de 2011

Ups!

E agora?... Agora, ele vai dar tudo por tudo para o Braga ficar à frente do Sporting. Quem duvidar disso não conhece Domingos Paciência. O Sporting começa a contar a partir do dia 1 de Julho. Falta saber se António Salvador se sente confortável com a ideia. Não sei responder. Depende da forma como Godinho Lopes gerir o dossier do treinador. Um diálogo entre as figuras mais importante da instituição parece-me, não só necessária, como indispensável para evitar mal-entendidos.


9 comentários:

Rui Moreira disse...

E será que o Domingos vai mesmo para o Sporting, no estado em que aquilo está?

Rui Moreira disse...

E será que o Domingos vai mesmo querer ir para o Sporting, no estado em que aquilo está? Será que ele já ponderou isto?

pascoal sousa disse...

Olá, Rui Moreira: e a opção ao Sporting, qual é? O desemprego? O estrangeiro? O Sporting já passou por fases muito complicadas e recuperou. Nada é definitivo, a não ser a morte. Nenhum treinador que ambicione progredir na carreira pode virar a cara a um desafio desta dimensão. Um desafio de risco elevado, mas quem quer ser treinador e viver sem pressão tem sempre os torneios de casados e solteiros ao fim-de-semana :P. Abraço, Rui

Cidchen disse...

Só sei que quem se sente desconfortáveis somos nós adeptos do SCB, por tudo o que estas eleições do clube de Lisboa nos causaram, à conta da possível mudança de Domingos - que está no nosso comando - para os lagartos. Depois de termos feito um que foi para o FCP, e outro para o SLB, só faltava mesmo outro para servir o SCP.

qualquercoisa disse...

http://futebolfilosofal.blogspot.com/2011/03/rip.html

Pedro Ribeiro disse...

Muito surpreendido ficaria se essa conversa de que fala entre Salvador e Domingos não tivesse já ocorrido há algum tempo. Já vimos falando nisto há algum tempo, é evidente (para mim) que Salvador decidiu não renovar com Domingos há algum tempo (já discutimos as razões) e, por isso, é claro que Domingos tem de estar aberto a convites. E como diz acima (e eu já o escrevi), com os bancos da Luz e do Dragão (bem) ocupados, o Sporting é a única possibilidade que, para Domingos, não será um retrocesso na carreira. O estrangeiro, parece-me a mim, deve esperar por uma carreira mais consolidada. No entanto, o Sporting é de facto uma aposta de risco, mais ainda ante a claríssima divisão que saiu destas eleições em Alvalade. Penso que Domingos precisa de uma estrutura desportiva forte para ter sucesso, como esta época em Braga prova (não teve, a meu ver, o apoio de que necessitava em alguns momentos). Domingos não me parece ser o tipo de treinador capaz de funcionar "por si só" (como de certo modo é Jorge Jesus). Pode ser que Duque e Freitas (se realmente GL vier a tomar posse!) saibam assegurar esse ambiente, mas os sinais não são bons.

O meu receio em relação ao Braga é o ambiente entre os adeptos. Como diz a Cidchen, é nos adeptos que o incómodo da situação se começa a instalar. E pode criar dificuldades neste final de época porque a tranquilidade é absolutamente necessária à equipa para obter resultados. Para já, pelo menos, a resposta em Olhão foi muito boa!

The Blue Factory of Dreams disse...

Ir para o sporting é um suicídio desportivo, algo que me custa até a compreender como possa ser sequer plausível para Domingos, que venceu em braga contra tudo e contra todos.

Esse seu trabalho abriu-lhe certamente muitas portas, aliciantes concerteza, aliciante é a última coisa que o sporting tem para oferecer neste momento.

O presidente eleito, no primeiro dia foi recebido à porrada, o que esperará o Domingos com rótulo de português-tão desprezado por aquelas bandas- e do FC Porto?

Escrevi hoje um post sobre o Domingos, para quem tiver interesse, claro..

http://thebluefactoryofdreams.blogspot.com/2011/03/domingos-paciencia-que-vais-fazer-da.html

pascoal sousa disse...

Compreende-se a posição (incómoda) dos adeptos do Braga, nesta questão. No entanto, o coração não pode falar mais que a razão: até ao fim, Domingos estará de corpo e alma comprometido com os objectivos do Braga - que são também os seus - por isso reforço aquilo que escrevi no post, antes mesmo de saber o que ia acontecer em Olhão. Por outro lado, não me parece plausível criticar Salvador pela intenção de querer abrir um novo ciclo. Ele abriu muitos em Braga e os resultados jogam a favor dele. Dito isto, Domingos tem um contrato para cumprir, metas para cortar, obrigações no presente, mas absoluta legitimidade para começar a lançar coordenadas para o seu futuro. Abraço

The Blue Factory of Dreams disse...

Posição incómoda?

Ele está numa situação em que só pode perder nesse aspecto.

Se o Braga fica à frente, para o ano começa a época mais cedo e vai levar com a responsabilidade disso, seja de que forma for.

Se o Sporting fica à frente, fez o frete, já estava a trabalhar para o Sporting.

Isto nem sequer devia ser permitido.

Tantas vezes se levantam polémicas do outro mundo e agora tudo se cala quando um rival de outra equipa pela 3ª posição "compra-lhe" o treinador à chegada da meta...


Aliás, o Sporting já na época passada, anunciou a contratação do Paulo Sérgio em pleno D.Afonso Henriques.

Palhaçada que acabou com o Guimarães a perder o acesso à Europa na última jornada quando nada o fazia prever.

Mas é um clube diferente...lá está.


Coitado do Domingos. Onde se foi meter. Mas depois de se meter nesta bem que pode ficar lá por baixo de vez...

Por mim falo.