domingo, 13 de março de 2011

O «bicho» está fixe

Hoje, na sua habitual coluna em A Bola, Carlos Pereira Santos desmonta um boato que correu célere sobre uma alegada doença terminal de Jorge Costa, que teria levado o treinador a abandonar a carreira. Os boatos são como o Obikwelu, arrancam a frio mas chegam rápido à meta, são persistentes e um dia ganham o estatuto de verdade absoluta. CPS foi o autor da biografia do bicho, portanto é a pessoa indicada para desfazer este nó estúpido. Acho que todos os que percorrem os corredores do futebol ouviram o rumor. A mim chegou-me aos ouvidos há mês e meio, mas chuteio-o para canto. Cruzo-me com o bicho quase todos os dias no colégio dos miúdos e se ele está doente eu estou neste momento de férias na Líbia, a estender a toalha à sombra de um tanque rebelde e a fazer um manguito ao Khadafi.

4 comentários:

agent_smith disse...

então mas porque é que ele abandonou?

pascoal sousa disse...

Motivos pessoais. E não são balelas. Mas estou convicto de que o abandono é temporário. Abraço

Cidchen disse...

Espero bem que a tal doença seja um boato. :(

Fã do "Bicho" disse...

Deus queira que seja mesmo boato ..! Deus queira !!!