sábado, 12 de março de 2011

Ironias



Há tempos foi o Braga a ver a sua participação na Taça da Liga encurtada graças a um golo e uma grande exibição de Pizzi no Axa. Hoje, foi a vez de um activo do Vitória de Guimarães, cedido ao Vitória de Setúbal, a passar uma rasteira aos homens do castelo, com um golo aos 89 minutos. William está focado no Setúbal. É legítimo. A equipa cuja camisola agora defende batalha pela sobrevivência na Liga, enquanto a que lhe paga parte substancial do ordenado sonha com um terceiro lugar que, a avaliar pelas recentes exibições, dificilmente será alcançado. Esta história dos empréstimos é realmente um pau de dois bicos, por vezes difícil de aceitar, sobretudo por parte dos adeptos.
Enviar um comentário