sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Sporting: o melhor viveiro



O nome Salomão, conta-nos o Wikipédia, deriva «da raiz Shalom, que significa "paz" e tem o significado de "Pacifico"». Para mim, é pacífica a tese de que o Sporting, esteja bem ou mal, continua a fornecer a uma cadência impressionante talentos que estimulam «a vista» e nos fazem sonhar. Talentos formados na casa ou descobertos por perto, como foi o caso de Diogo Salomão, que marcou ao Levski na goleada por 5-0 dos leões aos búlgaros. Não esquecer Carriço, que está a caminho de se tornar um senhor central e que qualquer dia cava definitivamente alicerces na Selecção principal.

Há anos que o Sporting está à frente dos seus concorrentes nos domínios da prospecção e aproveitamento das camadas jovens . E não deve ser por causa da qualidade do ar que se respira em Alvalade e Alcochete. Se no FC Porto, Benfica e até no Braga, um português com 21 anos sente dificuldades em impor-se, e é frequentemente empurrado para um empréstimo que nem sempre garante o seu crescimento correcto, no Sporting vão surgindo casos de sucesso que nos dão esperança num futuro melhor para o futebol luso.
Falta ao leão dar o salto no resto para que essa aposta constante nos miúdos não seja apenas como uma via... verde para ganhar uns milhões extra em vendas.

8 comentários:

dosul disse...

deixa cá ver:

- Di Maria - nascido em 1988 (tem a idade do Salomão) - é de mim ou foi lhe dada uma hipótese no Benfica?

-David Luiz - nascido 1987 (1 ano mais velho que o Salomão) - suspeito que também já tenha feito uns quantos jogos pelo Benfica

- Fábio Coentrão - e não é que tem a mesma idade que o Salomão e que o Carriço?

António Reis disse...

Boa Pacoal!! ABraço

pascoal sousa disse...

Dosul: eu quero é saber de portugueses de 21 anos que joguem ao mais alto nível. Disse, e bem, Fábio Ceontrão no Benfica. Disse, e bem, Salomão e Carriço no Sporting. Estrangeiros, em formação, a jogar nos clubes portugueses, é o que não falta, para azar dos miúdos de cá que ficam com os caminhos tapados... O fatco é este: um miúdo tuga, com talento e ambição, tem mais hipóteses de evoluir e mais hipóteses de triunfar no Sporting do que nos outros grandes. Se isso é bom ou mau, depende da visão de cada um. Eu gosto de achar que a visão do Sporting é a mais lúcida. Abraço

dosul disse...

a questão dos estrangeiros na formação dos clubes é de facto grave, pois muitas vezes não trazem valor acrescentado e apenas tapam o crescimento dos jovens portugueses.

Claro que existem no mundo exemplos que provam o contrário (Escola do AJAX), mas estou confiante que ganhamos mais apostando na formação de jogadores nacionais, aditivados de estrangeiros que sejam de facto mais valias.

A questão do míudo tuga ter mais hipóteses no Sporting também não pode ser desassociada do facto do sporting ter de há uns anos para cá o plantel mais fraco e curto dos 3 grandes, como que "obrigando" os treinadores a apostarem nesses jogadores (nem entrando na dificuldade de financiamento para contratações).




Abço

pascoal sousa disse...

Muito bem analisado, Dosul. E já que anteriormente falou no Fábio Coentrão, daria outro exemplo do que escrevi sobre as dificuldades que os jovens portugueses enfrentam para se impor em clubes maiores: o Benfica foi buscar, e bem no meu ponto de vista, Fábio Faria ao Rio Ave. Não joga. Terá sempre uma margem de evolução por trabalhar com Jesus, num plantel com mais-valias, mas essa margem vai esgotar-se rapidamente se não jogar. As dificuldades financeiras do Sporting realmente determinam a política do clube nessa matéria, mas vamos dar mérito a quem o tem: o Sporting tem jeito para descobrir e formar miúdos com enorme qualidade. Ao dar-lhes oportunidade de se mostrarem está a fazer um favor a si próprio e ao futebol português. Abraço

Miguel Nunes disse...

cOmo todos, vi pouco do Salomão. Muito sinceramente... pareceu bastante fraquinho.

Penso que esta mediatização toda se deve à conjectura actual do Sporting. Necessidade de encontrar alguém em quem se possa depositar esperanças. E à conjectura passada (Quaresma, Ronaldo, Nani, Simão sairam do Sporting para o estrangeiro).

Posso estar enganado, mas tirando a forma como aparece dentro da área para finalizar, não vi qs nada de bom (apareceu 2x a antecipar-se ao defesa ao 2ndo poste em q podia ter feito outros tantos golos)

Miguel Nunes disse...

Em relação ao Fabio Faria, acho q se podia passar algo igual com o Miguel Victor. Muita gente do Benfica n percebe como é q se empresta o Victor e se fica com o Faria.

Pessoalmente, acho o Faria com mt mais potencial que o Victor. Mas, mm q n fosse assim...o Victor esteve 3? anos qs sem competir... estava na altura de sair para competir. Para o ano volta e vai o Faria...

PArece-me que é o mais correcto.

pascoal sousa disse...

PB: Não é o que se vê agora do Salomão. É o que o Salomão poderá vir a ser. Não esquecer a idade e o facto de ter vindo do terceiro escalão. Vejo ali muito potencial. O tempo dirá se é assim. Abraço