quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Shakhtar: fortezito...



O Shakhtar esmagou hoje o Kryvbas por 6-0, em jogo da Taça. Luiz Adriano (um brasileiro que eu pessoalmente muito aprecio, uma grande promessa do Internacional, onde emergiu na equipa principal juntamente com Pato) assinou um hat-trick em apenas meia hora. Marcelo Moreno, boliviano que dava gosto ver jogar no Cruzeiro, abriu o placard.

Olhando com mais atenção este Shakhtar, orientado por Mircea Lucescu, sou levado a concluir que é realmente uma grande equipa. Tem brasileiros de pura classe (Jadson, Alex Teixeira, Willian e Fernando, que para sossego do Braga está lesionado e tem a época comprometida), um médio croata (Srna) que é um verdadeiro craque e Eduardo, ex-Arsenal, que tem sido suplente. Recentemente, voltou a brilhar a estrelinha de Olexiy Gai, internacional ucraniano que aproveitou a lesão de Fernandinho para ressurgir em força no onze, ao ponto de ter sido recuperado para a Selecção. Destaco, ainda, o guarda-redes, Pyatov, um «armário» de 1.90 metros, muito sóbrio e seguro entre os postes.

Nota final: nos últimos três jogos, o Shakthar marcou 11 golos. Tantos quanto o Braga sofreu frente ao FC Porto, Arsenal e P. Ferreira.
Enviar um comentário