terça-feira, 14 de setembro de 2010

Koscielny



Por força da lesão do central Vermaelen, internacional belga, o Arsenal deverá fazer alinhar frente ao Sp. Braga uma defesa 100 por cento francesa: Sagna/Squillaci/Koscielny/Clichy. Nestas linhas vou falar de Laurent Koscielny, francês de origem polaca, cujo passe foi adquirido pelos Gunners ao Lorient, por um valor nunca revelado - mas que deve oscilar entre os 10 e os 12 milhões de euros, de acordo com fontes oficiosas e relatos da imprensa britânica.

Há dois anos, um clube português muito mais modesto do que o Arsenal andava em prospecção na Ligue 2 francesa, a «cheirar» um central brasileiro que actuava no Tours. Decidiram ver dois jogos, no final dos quais se convenceram que o alvo certo era outro: Laurent Koscielny. Dois obstáculos inviabilizaram o negócio. Primeiro, Koscielny ganhava no Tours quase o dobro do que o clube português pensava pagar-lhe. Na Ligue 2, não é brincadeira. Depois, o Tour pedia a módica quantia de 1,5 milhões de euros pelo passe. Bastou um ano no Lorient para valer seis mais.

A França é um mercado atractivo, mas nunca será um mercado barato para quem quiser pescar alguma coisa de jeito das duas principais Ligas profissionais. Entretanto, para o Sp. Braga era preferível que jogasse Vermaelen. Sendo um central muito bom no jogo aéreo, é duro de rins e lento. Já Koscielny é, do meu ponto de vista, um defesa mais completo, embora menos experiente.

Enviar um comentário