quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Atropelados



Não vi o jogo completo do Sp. Braga com o Arsenal. Vou vê-lo daqui a pouco, em diferido. Vi algumas partes - essencialmente os golos, meia dúzia deles, do Arsenal. Voz amiga disse-me que não reconheceu o Sp. Braga em campo. Se foi assim, está explicada a derrocada minhota nos Emirates. Se mantendo a identidade e impondo alguns dos seus princípios de jogo já não era fácil ao Sp. Braga surpreender o Arsenal, sem essas coordenadas a goleada era inevitável. 6-0 é muita fruta, mas o Sp. Braga tem de manter a tranquilidade pois desde a primeira hora que sabe que o seu futuro na Champions passa sobretudo pelos dois próximos jogos em casa, frente ao Shakthar e ao Partizan. Agora, é chamar o psicólogo e atenuar os danos provocados pelo atropelamento dos canhões.
Enviar um comentário