quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Um Bebé bem gordinho


Foto: Gestifute

A sensacional
transferência de Bebé para o Man. United, a troco de 9 milhões de euros (mais coisa menos coisa), prova, afinal, que o futebol também nos pode oferecer autênticos contos de fadas. Vi Bebé em acção no Torneio de Guimarães e realmente deu para verificar que é um jogador com talento e muita margem de progressão. Há aspectos ao nível da transição ofensiva e recepção da bola que têm de ser limados, mas não estava difícil de ver que o Vitória tinha ali um diamante em bruto com enorme potencial de valorização. Mas... daí até antever que poderia ser vendido ao Man. United sem nunca ter jogado na I Liga, ia uma grande distância.

A venda de um futebolista praticamente desconhecido em Portugal para um dos maiores clubes do Mundo só foi possível, naturalmente, graças à relação de confiança empresarial que há muito existe entre o emblema inglês e o agente Jorge Mendes. Mendes continua a ter o condão de transformar em ouro tudo o que toca e, mais do que ser empresário, é amigo e conselheiro dos treinadores e presidentes das mais ricas equipas do planeta. E, já agora, valorize-se a aposta do Vitória, que em terra de cegos teve olho para descobrir um... jackpot.

PS. quero agradecer ao Ricky o prémio com que prestigiou este blogue. É uma honra muito grande. Voltarei célere para os agradecimentos, mas agora o trabalho chama-me.
Enviar um comentário