segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Não havia hipótese

Dizer não - nem pensar! - ao Braga é uma coisa. Dizer não ao homem que recentemente fez injectar 9 milhões de euros na conta corrente do clube, isso é que já era esticar muito a corda. E assim, Custódio tornou-se reforço arsenalista por três anos. Podem criticar Emílio Macedo, mas o líder vitoriano pouco podia fazer, porque a decisão técnica de dispensar o trinco não foi dele. E, no que toca a Manuel Machado, tanto fazia que o Custódio fosse para Braga ou para a China. Faz bem em pensar assim. As rivalidades só fazem sentido entre adeptos. Entretanto, esta cambalhota fez-me lembrar aquela máxima do Pimenta: «O que hoje é verdade...»
Enviar um comentário