segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Djamal: Líbia ou Chade?

Nos próximo dias vou oxigenar os pulmões a Ponte de Lima - sendo certo que a fumar um maço de tabaco por dia, dificilmente Ponte de Lima poderá operar algum milagre a estes pulmões de Chernobil. Deixo-vos a história do Djamal, médio defensivo do Beira-Mar, que ontem marcou o golo da vitória, por 2-1, sobre a Académica. Nasceu na Líbia, tem passaporte francês e os progenitores são do Chade. Líbia e Chade querem-no a jogar pelas respectivas selecções. Mais inclinado para representar a Líbia, Djamal é um jogador a reter. Forte nos lances aéreos, bom tacticamente, parece ter subido muitas escadas de qualidade desde os tempos em que jogou no Salgueiros e no Estoril. Não é um predestinado mas vai dar um jeitaço ao Beira-Mar. E à Líbia. Ou ao Chade, se mudar de ideias.
Enviar um comentário