domingo, 13 de junho de 2010

Não é só a Austrália



A dada altura deu-me pena ver a pobreza dos argumentos da Austrália no jogo frente à Alemanha, uma das mais poderosas selecções do Mundo. Individualmente, há nos «cangurus» gente muito qualificada, com competências interessantes e algum talento. Como equipa não funciona nada bem e a Alemanha não foi de modas e arrumou o frágil opositor por esclarecedores 4-0. Há no grupo de Portugal uma selecção tão ou mais fraca que a Austrália: a Coreia do Norte. Nós por cá temos muito a tendência de elevar os índices de dificuldades dos jogos e falar dos pontos fortes do adversário. Gostamos de nos preparar para o pior. A Coreia do Norte, pelo que eu já vi, também possui uma ou outra individualidade que vale a pena manter debaixo de olho, mas, no global, é que uma equipa fraca. Essa é a realidade. Correm muito? E depois? Por acaso o futebol é uma corrida de 100 metros?
Enviar um comentário