terça-feira, 25 de maio de 2010

Naval: 'remember' Leça FC



Mais do que a hilariante história de as contas da Naval terem sido aprovadas por apenas um sócio (é caso, digo eu, para erguer uma estátua ao homem e agradecer o facto de, pelos vistos, não sofrer de dupla personalidade), o que me deixou realmente de boca aberta foi a expressão do passivo do emblema da Figueira da Foz: 10,5 milhões de euros?! Não é muito dinheiro para um clube com tão poucas receitas? Ainda por cima, o principal credor (80 por cento da dívida) é o próprio presidente. Que hoje é presidente, sim senhor, mas e amanhã? Há uns anos, um clube com as mesmas camisolas tramou-se por depender em demasia da carteira do seu líder
Enviar um comentário