terça-feira, 13 de abril de 2010

Chaves de ouro



Grande proeza, a do Desportivo de Chaves! Alcança a final do Jamor ao vencer por 2-1 a Naval, na Figueira da Foz, depois de ter ganho em casa por 1-0. É merecido. Foi o Chaves que mais procurou a felicidade, perante uma equipa figueirense que - parece-me - bloqueou no momento da verdade. Num ano difícil, em que a equipa corre o risco de descer à II Divisão, a Taça de Portugal convida Trás-os-Montes a descer à capital - ou, para ser geograficamente mais correcto, a Oeiras. Não tenho dúvidas que assistiremos a uma festa memorável no Estádio Nacional. Entretanto, e sem querer beliscar o mérito de Tulipa, há que no meio disto tudo não esquecer um nome: Nuno Pinto, o treinador que abriu as portas das meias-finais.
Enviar um comentário