terça-feira, 30 de março de 2010

Verdade

«O Jesus esteve para trabalhar no Benfica há dois anos. No primeiro ano no Rui Costa, as coisas estavam acordadas, mas pensou-se que não se deveria logo apostar num português. Mas o ano passado, se calhar, se eu não apareço, ele seria hoje treinador do FC Porto. Vi algumas mensagens nesse sentido. E por isso fomos logo buscá-lo. Tinha uma vontade muito grande de trabalhar com Jesus e de certeza que ele vai ficar muito tempo no Benfica, brevemente vamos falar», disse, revelando assim que pensa propor renovação de contrato a Jorge Jesus.

Luis Filipe Vieira

Ah, as quentes noite da Costa da Caparica! Tanto para contar, tão pouco tempo para o fazer... Mas é verdade que o FC Porto e Jesus andaram imenso tempo em amena cavaqueira. Se Salvador sabia, fez de conta que nada sabia.
Enviar um comentário