sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Leão já tinha gasto as vidas



Sete jogos sem ganhar, talvez o equivalente às sete vidas que um felino pode dar-se ao luxo de desprezar antes de enfrentar a verdade crua de um jogo do tudo ou nada. Há pouco tempo escrevi um post, em jeito de meditação, em que falei sobre o binómio qualidade/rendimento do Sporting, equipa que tinha, e tem, jogadores com qualidade suficiente (e em número suficiente, apesar de alguns flops) para não ter de amargar uma época tão má no plano interno. O extraordinário resultado com o Everton veio mostrar que um leão dinâmico e com os índices psicológicos estabilizados forma um conjunto temível.

Temos clássico, no domingo. Estarei em Alvalade com a certeza de que o interesse do cartaz saiu amplamente reforçado com este triunfo do Sporting sobre os ingleses. Com o FC Porto forte e um Sporting revitalizado, estão reunidas as condições para assistirmos a um grande jogo!
Enviar um comentário