terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Foi da gravidade

Está desfeito o mistério. Aparentemente, o que aconteceu foi que o rosto do Tomás Costa foi parar à palma da mão do Bruno Alves. Um dia, ainda se aleijam. A propósito: isto não é matéria para a Comissão Disciplinar?
Enviar um comentário