domingo, 7 de fevereiro de 2010

Fla...grado




André Leone foi esta tarde à sala de imprensa do Axa para desmentir estas declarações a um site brasileiro. Estava com os nervos em franja e mal conseguia olhar de frente quem o ouvia. A questão de fundo não é se o brasileiro foi convincente nas explicações - não foi -, mas outra bem diferente, que dá pelo nome de Sporting Clube de Braga. Parece que muitos jogadores ainda não interiorizaram a ideia de que o «Braguinha» faz parte do passado. À custa de um forte investimento e da sagacidade de António Salvador (goste-se ou não), o Braga é hoje em dia, e a todos os níveis, um clube com uma estrutura profissional consolidada e um pensamento desportivo que em nada difere do dos chamados três grandes. A diferença é que tem menos gente e menos dinheiro - algo que não se tem notado em campo...

Leone terá hoje percebido que não joga no «Braguinha». Dando de barato que não produziu aquelas declarações, no mínimo devia ter sido mais ágil a fugir de um caso que nasceu na pior altura. Querer ir para o Flamengo é legítimo. Querer ir para o Flamengo quando está a três meses de terminar contrato com uma equipa que (ainda) luta pelo primeiro lugar, já não é. Em última instância, terá que reconhecer que quem lhe paga o ordenado não é o Fla...
Enviar um comentário