sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Sami e Nwoko no Doxa



Ainda ando pelo Chipre, para dar conta de que a equipa mais portuguesa deste pequeno país, o Doxa, voltou a atacar no mercado luso. Sami, ponta-de-lança dos quadros do Marítimo, foi cedido até ao final da época à formação cipriota, que conta no seu plantel com 12 jogadores de nacionalidade portuguesa, além de brasileiros e outros estrangeiros que passaram recentemente pelas nossas duas Ligas profissionais. Com Sami, viajou para o Chipre o nigeriano, naturalizado maltês, Nwoko que teve uma época no Leixões.
Enviar um comentário