terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Ah, é «outro» Mossoró...



Sem querer, e sobretudo sem ter qualquer responsabilidade na matéria, Márcio Mossoró, médio criativo do Sp. Braga, provocou sentimentos de euforia e de frustração nos adeptos do Volta Redonda. Tudo por causa de uma confusão de nomes e de... estatutos.

"Desvendado o mistério. A euforia dos torcedores do Volta Redonda pela possível contratação do meia-atacante Márcio Mossoró, destaque do Paulista de Jundiaí (SP) na Copa do Brasil de 2004, acabou. O jogador indicado pelo técnico Paulo Cezar Catanoce tem o mesmo apelido, joga na mesma posição, mas não é o craque que a torcida sonhou. O jogador, que deverá se apresentar no dia 30 de setembro, juntamente com os outros contratados, tem 31 anos, é meia-atacante e estava no Crac, de Goiás. O outro Mossoró joga atualmente no Sporting de Braga, em Portugal, e não deseja retornar ao país.

Marcinho Mossoró, natural de Natal (RN), também jogou no Paulista de Jundiaí, mas não chegou a se firmar na equipe do interior de São Paulo. "O Mossoró é o Mossoró e eu sou eu, quero deixar isso claro, mas me espelho nele, até porque ele nasceu numa cidade próxima à minha e é um jogador de sucesso", disse o jogador ao site oficial do Paulista de Jundiaí, quando da sua apresentação naquele clube.

Resta agora torcer para que o novo reforço seja tão bom quanto ao Márcio Mossoró famoso por ter sido o causador da eliminação do Fluminense na Copa Brasil de 2004"

Fonte: Diario do Vale
Enviar um comentário