terça-feira, 22 de dezembro de 2009

De um Sporting para outro


foto: Vítor Garcez/ASF

É curioso: dois dias antes do jogo com o P. Ferreira, entrevistei João Pereira na qualidade de jogador do Sporting Clube de Braga. A entrevista, de duas páginas, sai na edição desta terça-feira de A BOLA e menos de 12 horas depois ele já é jogador do Sporting Clube de Portugal. Foi sorte. Mais um dia e a «bitaitada» tinha ficado ad eternum no frigorífico.

Falando do João Pereira: boa compra a do Sporting. Para mim foi dos melhores e mais dedicados profissionais que passaram pelo Sp. Braga. Não era dos que ganhavam mais - para não ir mais a fundo no tema... - e pelo menos por três vezes foi-lhe negado o salto para patamares que lhe dariam outro conforto financeiro. Apesar disso, nunca se queixou, nunca amuou em campo, jamais deixou de ter um rendimento elevado, em altura alguma desrespeitou o clube que lhe pagava. Promete defender o Sporting até à morte. Não duvido que o fará.

O Sp. Braga fez uma excelente venda. O lateral acabava contrato em 2011, o que significava que na próxima época o seu valor de mercado desceria para cerca de um milhão de euros. Tinha como seguro que o Sp. Braga o ia transferir em Janeiro (porque desde Novembro que anda a perguntar por laterais-direitos...), mas fiquei absolutamente surpreendido com a forma como o Sporting se antecipou. 3 milhões de euros não cobrem a totalidade da cláusula de rescisão, mas anda lá perto. A não ser que o valor da cláusula fosse descendente, ou seja, à medida que o contrato chega ao fim vai diminuindo a multa. Matheus, extremo do Sp. Braga, tem um contrato assim...
Enviar um comentário