sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Say sorry, Henry!...



Uma jornalista do jornal irlandês Sunday World plantou-se a porta da cidade desportiva do Barcelona com um cartaz, para exigir a Thierry Henry um pedido de desculpas à Irlanda. A mão do atacante no decisivo jogo com a Rep. Irlanda, que originou o golo de Gallas, continua a chocar o mundo e a própria França. De cada vez que abre a boca para defender o que não é defensável, Domenech (que vai receber 862 mil euros pela qualificação!) acentua a sua desgraça junto dos adeptos gauleses e uma larga maioria defende que o seleccionador francês devia sair. Quanto à jornalista, que leve um banquinho e se sente à espera do mea culpa de Henry...

Mas o avançado deu um passo interessante: num comunicado enviado à cadeia de televisão Sky News, Henry concorda que a melhor solução seria repetir o jogo. Só se for um jogo amigável, pois a FIFA já disse que não pode ser.
Enviar um comentário