sábado, 21 de novembro de 2009

Como peixe na água



O novo reforço do FC Porto, pescado no Estádio Carlos Osório. Pelo estilo, nota-se que tem faro para o golo e sabe-se que o pai era craque. Como diz o ditado, filho de peixe sabe nadar. Fez toda a sua formação na Oliveirense e será um bom complemento para o Falcao. Esse não tem asas mas é suficientemente ágil e esguio para actuar em jogos da Taça de Portugal nos quais a única responsabilidade da Federação é «sacar» um terço da receita de bilheteira. O resto, corre por conta dos outros. Se alguém se magoar, se o público ficar sem o dinheiro do bilhete ou as equipas perderem um dia inteiro de trabalho por causa da irresponsabilidade de «alguém», o mais sensato é queixarem-se ao S. Pedro. Foi ele quem abriu a torneira. Obrigadinho, ò Pedrocas! E vê lá se te põe fino amanhã: para que conste, vou estar em Valença do Minho.
Enviar um comentário