sábado, 7 de novembro de 2009

À 10.ª foi de vez



Algum dia tinha de ser e à 10.ª o Sp. Braga perdeu pela primeira vez. O assalto ao castelo, onde nos últimos 62 anos os arsenalistas só venceram cinco vezes, foi travado por um tiro cheio de pólvora de Desmarets, depois de uma bela iniciativa e um passe perfeito de Nuno Assis. O Vitória de Guimarães mostrou raça, nervo e muita dinâmica, soube manter a serenidade quando o Sp. Braga se lançou lá para a frente à procura do empate, portanto nada a dizer sobre o justiça do triunfo da equipa de Paulo Sérgio.

Em termos estratégicos, o Vitória anulou muito bem as subidas dos médios-alas do Sp. Braga. Neste aspecto, Andrezinho e Sereno trabalharam como mouros, num jogo em que o colectivo vitoriano esteve sempre coeso. O Sp. Braga não perdeu a sua identidade, mas sem João Pereira andou manco no lado direito, o ponto forte da equipa.
Enviar um comentário