sábado, 7 de novembro de 2009

À 10.ª foi de vez



Algum dia tinha de ser e à 10.ª o Sp. Braga perdeu pela primeira vez. O assalto ao castelo, onde nos últimos 62 anos os arsenalistas só venceram cinco vezes, foi travado por um tiro cheio de pólvora de Desmarets, depois de uma bela iniciativa e um passe perfeito de Nuno Assis. O Vitória de Guimarães mostrou raça, nervo e muita dinâmica, soube manter a serenidade quando o Sp. Braga se lançou lá para a frente à procura do empate, portanto nada a dizer sobre o justiça do triunfo da equipa de Paulo Sérgio.

Em termos estratégicos, o Vitória anulou muito bem as subidas dos médios-alas do Sp. Braga. Neste aspecto, Andrezinho e Sereno trabalharam como mouros, num jogo em que o colectivo vitoriano esteve sempre coeso. O Sp. Braga não perdeu a sua identidade, mas sem João Pereira andou manco no lado direito, o ponto forte da equipa.

5 comentários:

Cidchen disse...

Estou contente. O Sp. Braga dá-se ao luxo de perder em Guimarães mas não perde o estatuto de líder do campeonato português, e a melhor: está garantido até o final do mês!

Perdemos, é verdade. Algum dia tinha de acontecer. Foi ontem, foi à 10° jornada, e por culpa própria. Não jogámos nadinha durante os primeiros 45 minutos e os espanhóis aproveitaram para marcar um golo que nasce de um fora de jogo em que Duarte Gomes não assinalou, e para mim, e tirando o cartão mal dado ao Rodriguez porque o nosso Gverreiro não toca no Nuno Assis (este devia ter seguido a carreira de actor e não de futebolista) esteve bem na partida para a minha própria admiração.

O Domingos Paciência fez com que a equipa entrasse na segunda parte com outra força, com outra forma. Não marcámos, mas empurrámos o adversário para a defesa, tal e qual como estamos habituados a fazer, só foi pena ter sido tarde demais.

Perdemos de cabeça erguida, e está tudo dito.

pascoal sousa disse...

... Os espanhóis... Ai, essa rivalidade! O problema, para mim, é que o Braga não tem «banco». Mas enquanto aquele onze estiver em acção, eles vão andar na frente. Depois em Janeiro, se a coisa se proporcionar, quem sabe se o Salvador não abre os cordões à bolsa? Bjs

Moreira disse...

Pois é, ainda estou para perceber como é que os Marroquinos conseguem ter bolsos tão recheados.

Nós aqui no berço da Nação, mesmo com a ajuda do tradutor ainda não conseguimos ler onde eles falam sobre o penalti não assinalado na area dos adoradores de cú ao alto, mas como tambem sabemos que devido ao grande gabarito do clube mais representativo de Braga (ABC), jogar com as mãos é algo comum e não se penaliza isso.

Continuem como andam, que vos veremos daqui a 5 anos nos grandes derbies contra o Merelinenses.

Cidchen disse...

Bigsousa @ Nah, não me parece que o Salvador o faça.

Moreira @ Qual penalty? O jogador do Braga NÃO toca na bola sequer. Por favor, sejam sinceros convosco mesmo. Há gente que anda com uma azia ao Braga... meu Deus! Estão com inveja, é? É o que parece.

Moreira disse...

Cidchen, mais um pouco até dirias que o Evaldo nem sequer jogou.

Realmente a unica vez que entrou em acção foi nesse lance dentro de area, de resto andou a ver os pitons ao Targino e ao Nuno Assis.

Nem o Vandinho e o Viana se pegaram.

Inveja, apenas pelo fantastico Bolso Fundo que o Braga tem.

Quem pode vender 5 milhões em jogadores e mesmo assim ter um saldo negativo de 2,5 milhões, não é para todos.