quinta-feira, 29 de outubro de 2009

SAD ou Sádicas?



A generalidade dos adeptos desconfia das SAD. E desconfia ainda mais das contas. Porquê? Na forma, os relatórios e contas dos três grandes são bem mais transparentes que as «contas de merceeiro» que os sócios dos clubes votam às cegas em AG onde a democracia é um conceito inexistente. Digo na forma, porque no conteúdo não sabemos. É para isso que existem os auditores e a CMVM, entidade supervisora a quem cabe vigiar e, se necessário, multar ou suspender uma sociedade que pise o risco .

No próximo post vou alinhar alguns tópicos do exercício 2008/2009 do FC Porto. Ponto prévio: não tenho a pretensão de fazer um doutoramento sobre a matéria, mas apenas tentar suscitar em quem lê algum interesse num assunto que os adeptos têm a tendência de desprezar. Por outro lado, os números irão demonstrar que a gestão anual de um clube de topo é muito complexa.

O relatório do FC Porto é, na tal forma de que falei, um documento absolutamente notável e bem escrito, como o são os relatórios do Benfica e Sporting. É a diferença entre trabalhar com empresas de renome internacional e meros agentes de cobranças...
Enviar um comentário