sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Oito golos em dez minutos...



Um fato lamentável aconteceu, na tarde desta quinta-feira, na Segunda Divisão do Campeonato Maranhense. O tradicional Moto Club não conseguiu o acesso para a elite estadual, após ser vítima de uma suposta "armação" de resultado.
Em sua partida, o time rubronegro fez a sua parte e goleou o Santa Quitéria por 5 a 1, pela fase final da competição. O problema é que no outro jogo,
seu concorrente, o Viana, atropelou o Chapadinha, por 11 a 0, sendo que oito gols foram marcados nos últimos dez minutos.Com este placar elástico, o Viana assegurou a liderança da competição, com seis pontos e 11 gols de saldo. O Moto fez o mesmo número de pontos, mas teve um saldo de apenas dois gols.No momento em que o Viana deslanchou a fazer gols, o Moto já goleava, por 5 a 1, portanto, estava a apenas um gol de saldo atrás do rival (3 a 2).O escândalo agitou os corredores da Federação Maranhense de Futebol. O presidente da entidade, Alberto Ferreira, determinou a abertura de uma sindicância para que a partida entre Viana e Chapadinha seja investigada.

Fonte: Futebolinterior.com.br
Enviar um comentário