quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Chama poderosa



Jorge Jesus preconizou um jogo com muitos golos e manifestou o desejo de que o Benfica marcasse mais que o Everton. Acertou em cheio e a equipa também, ao aplicar uns expressivos 5-0 ao Everton. É um resultado que fere o orgulho inglês e demonstra claramente de que fibra é feito este Benfica, tão diferente daquele que se arrastava penosamente nos relvados, na época passada. Só mesmo Quique Flores não percebeu o potencial de Cardozo, um ponta-de-lança com um raro instinto pelas baliza e que, com Saviola (renasce na Luz!), derreteu por completo o Everton. Aqueles que ainda não se habituaram à ideia de ver um Benfica tão concretizador e, simultaneamente, tão forte colectivamente, lembram que o Everton é apenas o 11.º da Liga inglesa. Pois é. O 11.º lugar de uma das duas melhores Ligas do planeta Terra.
Enviar um comentário