quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Quase, Peseiro...

Decididamente, José Peseiro não é um treinador com muita sorte. Dito de outra forma, tem a estranha tendência de falhar nos momentos decisivos. Na gíria futebolística, tem pé frio, pronto. Ontem, a Arábia Saudita falhou o apuramento para o Mundial ao empatar em casa com o Bahrain, na segunda-mão do play-off da zona asiática. Os sauditas estiveram nas últimas quatro edições do Campeonato do Mundo e tinha tudo para somar a quinta presença. Esteve quase... Como sempre.

Noutro jogo, a Lituânia de José Couceiro foi humilhada pela frágil selecção das Ilhas Faroé, com quem perdeu por 2-1. Reza a crónica da UEFA que Couceiro foi tramado pela inspiração de um guarda-redes de 39 anos, em pré-reforma e a preparar a despedida dos relvados...
Enviar um comentário