segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Gostam de sofrer



Paulo Bento não vai muito à bola de Vukcevic, mas bem pode agradecer a pontaria do montenegrino, que salvou o Sporting de um empate comprometedor frente ao Olhanense, a uma semana do clássico com o FC Porto. O Sporting sofreu e fez sofrer quem o apoia; o Olhanense mostrou ter um conjunto cheio de talento, com miúdos irreverentes e bons de bola. O Braga vai ter nesta sexta-feira um duro teste à sua liderança frente à equipa de Jorge Costa.

Mais uma nota sombria para a arbitragem lusa: Rui Costa assinalou uma grande penalidade inexistente, por pretensa mão de Anselmo. A bola bateu no peito do jogador. Há ainda a mão de Miguel Garcia na área, mas esse lance é mais difícil de avaliar em dois segundos. Mesmo na televisão, a dúvida subsiste: mão na bola ou bola na mão? Em Leiria foi o penalty fantasma sobre Aimar (no máximo era lance para livre indirecto na área) e em Braga a falta de Alvaro Pereira a Alan que passou impune. São erros a mais... mais uma vez.
Enviar um comentário