sábado, 8 de agosto de 2009

Postais de Boras


Treino do Sp. Braga no relvado sintético do Boras Arena. Um piso igual ao de Vieira do Minho, onde os bracarenses fizeram dois treinos de adaptação.


Panorâmica de Boras. Como todas as cidades suecas, é uma metrópole tranquila e bem projectada. Fica a 20 minutos de carro de Gotemburgo, mas não se assemelha em nada a um dormitório.


Faça frio ou calor, este nunca sai da água. É uma estátua cativante, que transmite uma certa tranquilidade. Podia ser na Tailândia ou no Nepal. Mas é mesmo em Boras.


O palco do jogo: O Boras Arena não é um estádio muito grande (tem capacidade para quase 17 mil pessoas), mas é funcional e bem arrumado.


Lá dentro até cabe um estúdio de televisão. Para ser mais preciso: o estúdio da Webtv do Elfsborg. Um modelo a seguir por cá, até porque não envolve meios assim tão dispendiosos como se pode pensar à partida.


Início do jogo Elfsborg-Sp. Braga. Bom ambiente nas bancadas, uma entrada forte do Sp. Braga para uma saída de cordeiro. Derrota por 2-0 inatacável: os suecos foram superiores em quase todos os capítulos, menos em dois. Fizeram menos remates que os lusos e tiveram menos posse de bola. A ironia é que 90 por cento dos remates do Elfsborg foram à baliza de Eduardo; 90 por cento dos remates do Sp. Braga foram ao lado da baliza de Covic.


André Morais, jornalista de O Jogo, digníssimo presidente desta instituição mundial que é o Vila Flor (Distritais da AF Bragança) e António Mendes, do Record, ex-estrela dos escalões de formação do Leixões. Uma grave lesão terminou com uma carreira que era promissora. Dois companheiros que vale a pena ter por perto, longe ou perto de casa. PS: não se deixem enganar pelo ar atarefado da dupla. Nesta foto, estavam ambos a jogar Tetris.


Sou mais bonito do que a foto aparenta. O caso é o seguinte: quando se pede ao André Morais para nos tirar uma fotografia, não podemos esperar coisa boa. É espantoso não me ter cortado a cabeça.


Este instântaneo foi tirado na pista do aeroporto de Gotemburgo. É o interior do autocarro dos jornalistas, com o avião lá ao fundo. Estádio-Pista-Avião. Os suecos são porreiros e pouparam-nos uma hora de seca no check-in.

Enviar um comentário