quarta-feira, 17 de junho de 2009

Adeus, Jesus de Braga

Jesus rescindiu finalmente com o Sp. Braga. Depois das seis horas de ontem, juntei hoje mais quatro horas e meia à porta do Estádio AXA. Grande «comandite» à espera de decisões: jornais, rádios, televisões, parecia uma cimeira do G-8 tal a envolvente mediática em Braga.



Perto das oito da noite, as coisas começaram a animar: o primeiro a sair já com a rescisão na mão foi Mário Monteiro, preparador-físico de Jesus. Com o treinador saem também Raul José (adjunto), Miguel Quaresma (técnico-analista), Marco Pedroso (vídeo-analista) e Márcio Sampaio (recuperador-físico). Especula-se que o papa Bento XVI, com a bênção de Salvador, vai apoiar Jesus na missão na Luz. É uma cruz pesada, lá isso é. Para compor o ramalhete, só falta Moisés ir para o Benfica... para separar as águas.




A foto de baixo está uma vergonha, eu sei. Na janela vê-se Luís Miguel Henrique, causídico que defende os clientes do BPP - entre os quais se incluem o Jorge Jesus, que ficou a arder também em Braga ao abdicar, ontem, de 70 mil euros de prémios de assinatura da próxima época.


Enviar um comentário