domingo, 12 de abril de 2009

Miséria espiritual



"Durante três dias, o renomado jogador Adriano, da Internazionale de Milão e da Seleção Brasileira, conhecido como "Imperador" na Itália por seu talento dentro de campo, ficou desaparecido. Ninguém sabia o paradeiro do craque de 27 anos, que havia sido visto pela última vez na quarta-feira 1º, quando os jogadores da Seleção Brasileira se despediram no vestiário do estádio Beira Rio, em Porto Alegre, depois da vitória de 3 a 0 sobre o Peru. Na ocasião, Adriano tinha nas mãos uma passagem aérea para Milão, para onde deveria ter embarcado."

O resto da reportagem pode e deve ser lida na Revista Isto É, para perceber que nem sempre ter talento é suficiente para se singrar no futebol. Proveniente de um meio complicado, Adriano nunca conseguiu desligar-se da sua favela e construir, a partir de uma história de vida difícil, uma carreira que fosse um exemplo para os mais novos - em especial os que sonham em saltar da favela para a ribalta. Financeiramente, Adriano tem tudo; espiritualmente, sente-se pobre e miserável em Itália. E nem Mourinho foi capaz de dominar a «fera» brasileira.
Enviar um comentário