quarta-feira, 1 de abril de 2009

Altitude ou atitude?



Os 6-1 aplicados pela (frágil?) Bolívia à Argentina deixaram Maradona arrasado. «Cada golo era como uma punhalada no coração», disse o antigo astro no final do jogo. A jogar em La Paz, 3600 metros acima do nível do mar, a queda da Argentina foi estrondosa. Lucho marcou o único golo da sua selecção, igualando a partida a uma bola. Depois, foi o descalabro e nem Di Maria escapou à fúria boliviana, acabando expulso sete minutos depois de ser lançado no relvado.

O festim da equipa de Erwin Sanchez representa, para a Argentina, o pior resultado desde 1958. A altitude, muitas vezes invocada para justificar abruptas quedas de rendimento, não convence o público argentino. Num inquérito online promovido pelo diario Clarin, 80 por cento dos apoiantes da selecção orientada por Maradona considera não ter sido a altitude de La Paz o motivo da derrota. Terá sido a... atitude?
Enviar um comentário